• Cassia de Marcos - CRN3 25417

O que ninguém te conta sobre a recuperação de um Transtorno Alimentar


Não dá pra pular o ganho de peso.

Não dá pra pular a recuperação de um peso baixo ou dizer para o seu corpo parar de ganhar peso no IMC mínimo.

Não dá pra fingir que você não gosta dos seus alimentos favoritos e continuar restringindo as comidas que você gosta, mas teme.

.

Não dá pra fugir dos sentimentos de insatisfação corporal, ou então achar que já melhorou um pouquinho e pode parar seu tratamento.

.

Não dá pra evitar as vontades de recaídas e a necessidade absurda de ceder aos comportamentos inadequados do transtorno alimentar.

--

Você vai ter que se permitir sentir-se péssimo(a) e inadequado(a) por um tempo em um corpo que sente errado, estranho e enorme (mas ele é O ÚNICO que você tem, e ele não vai mudar).

Você precisa aceitar que a vontade de fazer dieta, restrição ou qualquer compensação vai continuar vindo e vai ter que aprender a não ceder a ela. Ela não vai simplesmente desaparecer. Vai doer mesmo.

.

Você vai ter que continuar, motivar-se a continuar, mesmo quando não quiser. E esses momentos podem durar longos e agoniantes momentos, sem pausa.

Você vai ter que SENTIR.

.

Não é uma escolha, nada disso é uma escolha, inclusive o transtorno alimentar.

Não podemos evitar essas coisas.

Uma vez iniciado o processo, é preciso manter-se firme e assumir o controle das suas escolhas.

.

Essa é a ÚNICA maneira de ter a sua vida de volta.

Pode ser desafiador, mas confia em mim, no final vale cada passo.

Estamos juntos.


Cassia de Marcos

CRN3 25417

0 visualização

Todos os direitos reservados © Nutricionista Cassia • 2020